11 Itens desnecessários
para mochilar sozinha

11 Itens desnecessários para mochilar sozinha

Agora que já definimos os itens essenciais pra um mochilão nesse artigo, nada mais justo do que falar sobre 11 itens desnecessários para mochilar sozinha. Ainda que pareçam importantes, alguns itens na prática podem ser facilmente substituídos e nem fazer tanta falta assim.

Mesmo que tenha sobrado algum espaço na mala, ainda é melhor levar o mínimo possível. Assim, movimentar-se fica mais fácil com pouca bagagem, você aumenta as possibilidades de meios de transporte, sem falar que para voos, a maioria das companhias aéreas hoje em dia cobra o despacho.

É evidente que só tem benefícios saber fazer a mala direitinho e balancear os itens salvadores, looks pensados com a leveza na alma e nas costas pra fazer o mochilão. Aliás, você sabia que até o consumo de combustível do avião diminuí com menor peso?

Já que nossa mala de viagem normalmente é composta por roupas majoritariamente, maior parte dos itens desnecessários também são. Até mesmo para um inverno severo que requer mais camadas, há vários itens desnecessários que você nem precisa carregar. Tudo isso ainda com a garantia de  que não faltarão boas peças para as fotos e lembranças no seu feed.

Sem mais delongas, ficam aqui meus itens desnecessários para mochilar sozinha que já fizeram parte de alguma viagem minha, mas que sobrevivi muito bem sem eles. 

1. Calça Jeans:

 

Mochilão pede conforto e mala leve, características não muito associáveis às calças Jeans. Mesmo que confortáveis para muitos na vida do dia a dia, o ideal para uma viagem é ter peças que renderão o máximo de aproveitamento durante a viagem inteira.

1. Se a barriga estufar durante o voo (acontece), o botão da calça vai apertar a cinturinha.

2. Se for levar na mala, vai pesar e tomar espaço;

3. E se for um jeans mais fininho vai amassar.

4.Se for usar para uma viagem noturna, as dobras vão matar a parte de trás do seu joelho pelo tecido ser duro.

5. Se sujar, a peça vai levar horas pra secar.

6.Se fizer calor do nada, não vai conseguir dar aquela arregaçada clássica do calorão.

Para resumir, a única vantagem comparativa que vejo no Jeans é que para destinos frios ela esquenta mais. Mas nada que uma meia calça não faça também- inclusive, muito melhor, na minha opinião. 

E se alguém disser que elas são universais, abaixo, uma compilação de calças não-Jeans que serviram perfeitamente em várias ocasiões.

Shetrips o que tirar da mochila

Calça de tecido leve, cores neutras são aliadas, só cuida pra não sujar.foto @fotopolyandrade

Apaixonada por calças Saruel, tem tudo a ver com a vibe mochileira.

Shetrips o que tirar da mochila

Se der uma navegada pelo insta @she.trips vai ver a quantas vezes já usei essa vermelinha. Dependendo do que usa por cima, pode ser desde um look praiano, até para sair pra jantar.

Shetrips 11 itens desnecessários que tirei da mochila para viajar sozinha

Calça de malha, bem neutra para poder repetir em várias viagens. 

2. Bota de Couro:

 

Mas Marina, e quando fizer frio? E se chover ou o destino que eu for tiver neve?

Pra destino com muita neve não tem jeito, você vai ter que ter um sapato especial para neve de qualquer forma. E não será aquela bota couro que chega até o joelho que nós brasileiras estamos tão acostumadas. Aliás nem preciso falar que salto alto não é confortável pra grandes mochilões né?

No caso da neve, esse sapato específico precisa ter solas que não a vão fazer escorregar. Elas também terão de ser impermeáveis- meio óbvio né, mas eu não tinha me tocado que se ficar muito tempo com os pés na neve, você vai acabar com meias molhadas, e na temperatura negativa, pode fazer mal.

Ainda sobre destinos frios, é bom evitar:👇

Shetrips o que tirar da mochila

Bota impermeável pra neve na Antuérpia, Bélgica.

3. Muito Casaco: 

 

Se você for enfrentar temperaturas baixas vai precisar de um casacão. Depois de alguns invernos europeus e curitibanos, minha composição ideal de roupas de inverno é:

Primeira camada: Uma segunda pele (aliás, aquelas de material de meia fina são show de bola!) Você enrola elas em uma bolinha, elas não amassam, e impedem que você perca o calor do corpo. Ultimamente, as mais transparentes fazem um look bem conceitual também. Que fase boa de se viver!

Segunda camada: Um moletom ou lã fechada.

Terceira camada: Um casacão fechado corta vento, preferencialmente impermeável, com bolsos e touca.

Esse casacão pode ser onipresente. Aliás, pode ser seu único casaco de um inverno inteiro, e pode apostar em algo mais pesado, por que é provável que você vai estar vestindo ele durante todas as suas comutas e não precise colocar na mala. 

A variação do look para a foto geralmente vai consistir na segunda camada que você for usar, e no cachecol (muitas vezes eles são necessários, não servirão só como adereço).

Shetrips o que tirar da mochila

Está enganadx se acha esse monte de pelo frufru. Ele faz um ótimo trabalho bloqueando o vento e protegendo o rosto e a cabeça em lugares com muito vento.

4. Camisa ou qualquer peça que amasse:

 

Essa é autoexplicativa né? Peças que amassam são os primeiros itens desnecessários para mochilar sozinha. 

É difícil achar tempo para ficar passando a roupa, e ainda mais difícil ter um lugar para fazer isso com calma. Poupe seu tempo e aproveite as roupas mais maleáveis. Além do que, se o tecido amassa muito fácil, as chances de que ele seja desconfortável são altas.

5. Muitos pares de sapatos:

Em resumo, os pares que levo em todas as viagens são:

5.1 Havaianas. Já falei mais delas nesse artigo.

5.2 Tenis (geralmente os uso no avião já pra economizar o espaço da mala). Mesmo para destinos quentes, você vai precisar para caminhadas, escaladas e pro frio do avião).

5.3 (apenas para destinos frios) A bota de neve que comentei acima. E (apenas para destinos quentes) Uma rasteirinha só pra alternar o look.

E só! Três pares são mais que suficiente para você aproveitar a viagem. Esse item foi um dos mais esclarecedores- se não o mais na arte de fazer as malas.

Calçados fora dessa pequena lista são facilmente dispensáveis na trip. Nada a ver levar uma sandália pra fazer um city tour. (baseado em experiência real) 👉

Shetrips o que tirar da mochila

Já inventei de usar um tamanco super confortável que tinha pra passear pela cidade antiga de Belgrado, na Sérvia. Os planos ficaram maiores, e acabei indo pra fortaleza da cidade que é uma subidinha árdua. O final dessa história não é bonito- em um curso de uma hora, o atrito na pele fez uma bolha,  que se formou e novamente pelo atrito estourou. Como consequência, caminhei o restante daquele dia involuntariamente no resquício líquido pós mortem bolha no meu pé. Que fase.

6. Aquele seu chapéu maravilhoso que tem seu nome bordado na aba:

 

É bonito, eu sei, nada mais prazeroso do que se sentir especial tendo o próprio nome numa peça para vestir. Mas já viu o espaço que aquilo toma? Só pra tirar uma foto? O espaço que digo não é nem na mala em si, mas no dia a dia da viagem. Acaba sendo bem incômodo ter que carregar, e qualquer ventinho representa um risco para o seu chapéu (pelo menos na minha cabeça que aparentemente tem tamanho de chapéu infantil). Chapéus também são itens desnecessários para mochilar sozinha. 

E sem grilo. Em destinos mais comuns, você pode pedir emprestado de alguém para tirar uma foto, e ainda faz amizades. A comunidade viajante é na maioria das vezes bem compreensiva e carinhosa ❤ .

Shetrips o que tirar da mochila

Neste caso, um estabelecimento no Jalapão emprestava o chapéu para divulgar o lugar da melhor maneira possível! Ajudando aos clientes a ter uma foto maravilhosa.

7. Chapinha ou secador de cabelo:

 

Secador eu uso só em dias frios mesmo. Em dias mais quentes, ninguém vai ligar se você saiu com o cabelo molhado ou não- além do que, depois de meia horinha ele já vai estar seco.

Mas se for necessário secar, os hotéis via de regra vão ter secadores. A maioria dos hosteis e airbnb também tem para emprestar. Inclusive nos sites de reserva, eles dão essa informação antes de você fechar.

Quanto à chapinha: no dia a dia eu uso se as pontinhas do meu cabelo estiverem virando para dois lados diferentes. Já levei em algumas viagens pra dar uma estilizada antes de sair pra tour ou janta, mas acabei não usando em nenhuma das ocasiões.

ps. Além do espaço que vai tomar, um secador ou chapinha na mala, você corre risco de queimar com a tensão das tomadas.

8. Computador : 

Viagem é lazer! Se você estiver indo de férias, é pouco provável que o precise levar seu computador pessoal nem pra ver série, ler livro online, editar fotos E NEM TRABALHAR.

Fora que você nunca deve despachar bagagem com computador, então ao levar na mala de mão, é um saco ficar tirando da mochila pra passar no Raio X e você corre o risco de ser questionado na alfândega caso volte de um voo internacional.

9. Aquela bolsa chique que você usa no dia a dia: 

 

Dou preferência às ecobags estilosas na viagem. Elas tem a vibe de viajante e são súper práticas por não ocupar espaço na mala. Para os itens de mais valor, apelo pela pochete ou uma bolsinha tira colo. Sempre dá tudo certo.

Shetrips o que tirar da mochila

Uma bolsa como essa, apesar de maravilhosa, não te ajuda muito num mochilão.

viajar barato na Sérvia no Leste Europeu

Ecobags não comprometem o look da viagem, bem pelo contrário.

10. Toalha :

 

É geralmente frustrante esperar as toalhas secarem durante as viagens. Se tiver que apelar para escolher os itens da mala, talvez uma hora você tenha de chegar à toalha. Não é sempre fácil, mas dá pra improvisar com toalhas de rosto e até mesmo a canga.

Já dei uma chance à aquelas toalhas de altíssima absorção comum entre  mochileiros, mas ainda prefiro a canga mesmo por conta da rapidez de secagem. 

Toalhas Costa Rica

Nesse mochilão pela América Central, o primeiro destino dependeu de uma toalha minha, mas nos seguintes, já tinha toalha na acomodação. Sensação de vitória descreve.

11. Para os viajantes amadores na fotografia : Câmera. 

 

Se você procura apenas aproveitar o momento, e/ou já tiver um celular que já renda boas fotos, recomendo repensar o trambolho na bolsa. Faz 4 anos que parei de levar minha câmera mega especial, e deu tudo certo.

Shetrips o que tirar da mochila

Para concluir,  mesmo sem esses itens desnecessários para mochilar sozinha, minhas viagens não deixam de cumprir sua função. Às vezes na falta de algo, há uma boa oportunidade para fazer amigos e pedir emprestado. Não esqueça de levar o mais importante, que é o coração e a mente abertas, as brasilidades e a vontade de explorar esse mundão incrível.

 

Esta foi a segunda parte da série anatomia de uma mala perfeita. Nenhum desses itens impediu que eu tivesse uma viagem inesquecível. Qual item que não está na lista você considera dispensável?

Todo o conteúdo deste espaço foi irreverentemente produzido por uma gar♀ta