economizar para viajar. Mochilão sozinha Shetrips

Como
economizar
para viajar

Como Economizar para Viajar

A ideia não é trazer nenhuma fórmula mágica e nem oportunidade imperdível que vai fazer você começar a viajar loucamente num futuro próximo. Esse artigo é fruto de uma reflexão sobre meus hábitos (e até vícios) que influenciam a minha rotina e que sempre resulta nas minhas viagens.

Como Economizar para Viajar

Desde que comecei a escrever, a pergunta que mais recebo no @She.trips é “como você consegue economizar para viajar tanto? ” Logo depois com “ Como você arranja tempo e dinheiro para fazer tudo isso?”

Minha situação na altura que escrevi este artigo era: Trabalho de 40 horas por semana com 30 dias de férias por ano. Sendo que havia recentemente começado a pagar para morar, despesa que antes não existia morando com os pais.

No momento em que escrevia este artigo então, estava conciliando um sábado de sol leve e tempo de ócio em Montevideo, no Uruguai onde morei e trabalhei por alguns meses.

É inegável que eu consegui chegar em um patamar de estabilidade  financeira que vem de longe e que foi determinado em grande parte pelo contexto em que fui criada. 

Sabemos também, que não é realidade de muitos brasileiros poder chegar ao fim do mês com dinheiro para guardar e usar nas férias. Ao mesmo tempo, tantas experiências que pude ter me permitiram conhecer pessoas de históricos completamente distintos do meu, e que com muito esforço, conseguiram ter o privilégio de viajar como um estilo de vida, assim como o que eu busco desde que comecei a mochilar sozinha. 

Assim sendo, é com essa esperança e toques empíricos que eu espero contribuir e plantar mais uma semente viajante do planeta Terra, e dessa vez, com o foco em como economizar para viajar. 

A ideia não é trazer nenhuma fórmula mágica e nem oportunidade imperdível que vai fazer você começar a viajar loucamente num futuro próximo. Esse artigo é fruto de uma reflexão sobre meus hábitos (e até vícios) que influenciam a minha rotina e que sempre resulta nas minhas viagens.

Concluí que tempo para viajar e dinheiro na conta são minhas constantes prioridades. São elas que definem as minhas escolhas, e portanto, seria em detrimento delas que alguma decisão impulsiva tomaria o lugar. Por isso, eu evito ao máximo decisões impulsivas.

Depois de 5 anos guardando dinheiro e fazendo pelo menos 1 mochilão por ano, esses hábitos definiram minha necessidade de economizar para viajar e me permitiram fazer pelo menos uma grande viagem por ano.

como Economizar para viajar- Shetrips Mochilão sozinha

Sem mais delongas, fique com o guia SheTrips para ter um sonho viabilizado, e por que não dizer- um vício sustentado e como economizar para viajar. 

Como economizar para viiajar no dia a dia:

1. Evitando gastos supérfluos:

Assim você estará contribuindo para um consumo consciente e que se resume só ao necessário. Repita comigo: “Você não precisa daquela blusinha da forever21. Você vai ficar bem sem ela.”

Invista em peças de qualidade e que vão durar anos e não algumas lavagens apenas– isso inclusive ajuda na hora de fazer a mala para o mochilão. Compre de brechós e aproveite as peças que você já tem.

como Economizar para viajar- Shetrips Mochilão sozinha

2. Dizendo Não:

Um exemplo meu é evitar aquelas saídas no meio da semana que você acaba gastando com uber, batata e cerveja, chega em casa tarde e ainda se atrasa na manhã seguinte, correndo o risco de ter desconto no salário. Na prática, a vida não muda muito se você pular esses eventos uma vez ou outra. Evitar esses gastos me ajuda muito a economizar para viajar.

como Economizar para viajar- Shetrips Mochilão sozinha

3. DYI Faça você mesma :

Depilação, unha, sobrancelha… Tá tudo sob o controle e tá tudo bem, obrigada.

Ah! e assim eu poupo pelo menos 150 reais todo mês evitando esses serviços que eu consigo fazer em casa ou simplismente não fazer.

Só não esquece de guardar mesmo, senão todo o esforço de não gastar será em vão e viagem que é bom…nada.

como Economizar para viajar- Shetrips Mochilão sozinha

4. Mantendo a consistência:

“Eu mereço uma comprinha, to indo tão bem!”

Especialistas dizem que faz bem bonificar o esforço periodicamente. No meu caso, eu prefira segurar o incentivo e só  me dou um presentinho depois de chegar no meu destino.

Por Exemplo: Em um dos mochilões que fiz pela América Central, consegui economizar categoricamente na estadia usando couchsurfing  (vou falar sobre ele mais pra frente nesse mesmo artigo), mas um dos pontos altos da viagem para Aruba era justamente a ilha privada de um resort, que sairia mais caro do que o orçamento geralmente permite. 

Depois de economizar nas várias semanas pré-embarque, decidi presentear a mim mesma com uma noite nesse resort. No final valeu a pena: eu pude aproveitar o hotel por quase 2 dias inteiros, considerando que pude usar as instalações a manhã inteira antes do checkin e a tarde inteira depois do checkout no dia seguinte. 

Ainda não tá fácil economizar pra viajar? Aguenta firme, que agora falo sobre como planejar uma viagem mais barata.

como Economizar para viajar- Shetrips Mochilão sozinha

Ilha privada do Renaissance em Oranjestad.

Ter as variáveis tempo x dinheiro pra mim funciona. Eu guardo durante 12 meses trabalhados e gasto o que acumulei viajando. Já dá pra começar a definir os primeiros passos da trip:
  

5. Com antecedência:

 Eu começo a pensar em comprar a passagem uns dois a três meses antes. Geralmente, aí estão as maiores probabilidades de encontrar preços decentes.
como Economizar para viajar- Shetrips Mochilão sozinha

6. Sendo Flexível:

A equação aqui é = flexibilidade vs grana desembolsada. 

No aspecto tempo, se você tirar férias fora da temporada, vai ter preços mais estabilizados. Procure ter uma noção dos valores médios do trecho.

No aspecto destino, a flexibilidade pode ser aliada também. Tenha em mente que trechos com muita demanda tendem a ser inflacionados, trechos com muita pouca demanda, por outro lado, tendem a ter custos impopulares.

7. Mantendo ligado o alerta de preços dos voos:

A maioria dos grandes sites que vendem passagem tem essa função.  Você pode habilitar as datas e o destino e receber no e-mail um relatório com os preços todos os dias e acompanha-los. Eu uso muito Kayak, e Google Flights pra essas consultas.

8. Estudando o destino:

Tem um voo direto do seu principal aeroporto até la? Quantas conexões? Dê preferência aos voos diretos. Se você for para a Europa por exemplo, as vezes compensa fazer um trecho interno por terra mesmo. Estude os valores para ter certeza. 

9. Acumulando milhas:

Pois é.

como Economizar para viajar- Shetrips Mochilão sozinha

10. Aproveitando os incentivos:

O programa de milhas que eu uso está integrado com outros serviços, como acomodação. Comprando por lá não só é provável que o valor seja mais baixo, como aquela compra vai render milhas também. O mesmo vale para o cartão de crédito que vai comprar a passagem

como Economizar para viajar- Shetrips Mochilão sozinha

11. Estabelecendo um orçamento:

Geralmente eu espero guardar o valor da passagem para os outros gastos. Esse será o teto que eu investirei em estadia, transportes internos e alimentação (embora, normalmente, eu acabo usando bem menos).

12. Preferindo fazer grandes trajetos a noite:

Você vai economizar uma diária de hotel, provavelmente ganhar uma refeição grande na janta ou café da manhã e não perderá um dia inteiro de passeio.

Aliás👇

como Economizar para viajar Shetrips Mochilão sozinha

13. Evitando destinos que pedem visto:

Taxas consulares não são valores  agradáveis de pagar. Aqui vai uma lista que fiz com tantos lugares maravilhosos que pra conhecer você não precisa de visto sendo filha do Brasil:

Como economizar durante a viagem:

14. Levando o mínimo de bagagem possível:

Em muitos lugares, bagagem despachada é dinheiro gasto (como no exemplo 8) ou coluna cansada. Essa dica será essencial para alguns outros pontos mais pra frente neste artigo.

15. Aproveitando ao máximo as fronteiras:

Vale dar um pulinho ali no país vizinho. Eu sou adepta dos bate-voltas. 

A tríplice fronteira Israel, Jordânia e Egito foram uma mão na roda pra colecionar carimbos no passaporte, por exemplo.

como Economizar para viajar- Shetrips Mochilão sozinha

16. O seu destino tem conexão?

Procure uma escala longa e tire o dia pra passear naquela cidade. Normalmente, nestes casos, eu procuro escalas de 5 a 12 horas. Mas planeje bem para não se atrasar e perder o voo seguinte. 

Aliás, voos com escalas longas muitas vezes saem mais em conta.

17. Tirando o peso das costas:

Em escalas demoradas, normalmente você despacha a mala, então o tempo que você poderá passar na cidade será sempre com a mala de mão. Considere isso quando for fazer as malas.

como Economizar para viajar- Shetrips Mochilão sozinha

18. Ainda sobre escalas longas:

Se precisar tomar um banho entre voos: é mais barato pagar a diária de uma academia do que de um hotel.

Se você já assinar o Gympass então, nem paga.

como Economizar para viajar- Shetrips Mochilão sozinha

19. Andando, andando muito:

Evite pegar apps de caronas ou ônibus. Mapeie todos os pontos de interesse na cidade com antecedência, localize-os no google maps e vá traçando rotas considerando que você terá o dia todo para fazer isso.

Eu geralmente começo cedo, ando de meia em meia hora, parando em atrações, pracinhas ou cafés até otimizar o trajeto e ligar os pontos. Minha linha de corte é 5km- se fica a uma distância menor do que isso, vou andando sem pressão, caso contrário 👇

como Economizar para viajar- Shetrips Mochilão sozinha

20. Optando por transporte público:

aos apps ou Táxi. Fica aqui mais um motivos pelo qual você deve evitar malas grandes pra viagens de 3 semanas ou menos.

Ainda sobre transporte.

21. Entendendo o transporte público

A maioria das cidades oferece opções de tíckets ilimitados que duram uma semana ou dia inteiro.  Outras dão um bilhete grátis se você comprar uma dúzia, uma dezena de uma vez só, por exemplo. 

Faça sempre as contas para ver se para o número de viagens que você pretende fazer compensa o investimento. 

Exemplo: Paris oferece o cartão Navigo, que opera em todas as zonas da cidade e tem o número de viagens ilimitada. Porém, você só pode comprar ele no início da semana. Eu falo im pouco mais sobre o  Navigo card e como viajar barato em Paris nesse artigo. 👇

22. Considerando Blablacar:

É um aplicativo onde pessoas que já tem planos de fazer uma viagem de carro publicam a data e horário, e você pode rachar os custos.

O blablacar tem mecanismos de segurança que torna  as viagens mas seguras.

23. Andando de Bike:

Algumas cidades como Paris e Helsinki oferecem serviços de bikesharing. No caso do Vélib de Paris, por exemplo, os  primeiros 30 minutos são grátis. 

Verifique se na sua cidade de destino existe algum esquema parecido.

 

como Economizar para viajar- Shetrips Mochilão sozinha Blablacar

Blablacar de Veneza a Torino e companheiros que conheci durante a viagem.

24. Evitando restaurantes:

Obviamente você não deve perder a chance de provar a cozinha local do seu destino. mas nada impede que você organize uns almoços de sanduíche ou prove também a culinária de rua. 

Um exemplo: Em Cingapura, existem barracas de comida de rua com tanta qualidade, que até receberam estrelas Michelin. Isso, sem um restaurante e sem serviço.  

25. Pedindo um copo d´água:

É comum em países como Australia, EUA, e frança oferecerem um copo d´água a qualquer cliente que visite um restaurante, nesses casos, a água é da torneira, porém segura para tomar.

Mesmo em países que não tem essa tradição, não custa tentar. Eu geralmente consigo quando digo que é pra tomar um remedio.  😂

26. Ficando atenta aos valores de restaurantes

Também é comum em alguns países da Europa os restaurantes cobrarem valores diferentes para o mesmo prato se você comer no espaço deles ou levar pra casa. Normalmente o valor para levar pra casa é alguns euros menor que no restaurante.

como Economizar para viajar- Shetrips Mochilão sozinha

Tacos al Pastor nas ruas da Cidade do México

27. Fazendo Tours Sozinha:

Viu a dica 19? Estude antes os pontos que você pretende visitar, marque eles no Google Maps. E em paralelo, leia sobre a história de cada atração. 

Uma outra alternativa super alinhada com mochileiras:👇

 

28. Free walking Tour:

É um tipo de serviço para quem quer economizar enquanto viaja e ainda ter um tour guiado por um local. 

 Walking Tours são organizados por empresas ou voluntários que ficam nas praças centrais de uma cidade e fazem o tour caminhando. Normalmente os passeios duram 1-2 horas e você escolhe o valor que pretende contribuir.  

Lembre-se que a receita destes guias é é 100% a base de gorjeta, portanto, pague o quanto pude, mas respeitando o tempo, disposição e conhecimento daquela pessoa 🙂

Tours nesse formato estão disponíveis em quase todas as cidades que recebem turistas. Uma simples busca como no exemplo abaixo te mostrará o horário, ponto de encontro e mais informações sobre o passeio.  

Importante: Em decorrência das medidas de distanciamento social, muitos grupos de Free Walking Tour preferem operar com reservas. 

29. Couchsurfing:

O Couchsurfing é uma plataforma para conhecer locais em qualquer cidade no mundo. Normalmente, você pode pedir para ficar uma noite na casa dessa pessoa sem nenhum custo.

Como manter essa cadeia ativa? Basta oferecer o seu tempo e espaço para viajantes que estejam buscando companhia, e isso dá pra começar antes mesmo de começar  a viajar, dá para conhecer gente nova, treinar idiomas e claro, retribuirem o favor. 

Assim como no BlablaCar, existem mecanismos de segurança para viajantes solo. E assim como os Walking Tours, o Couchsurfing se sustenta através de doações, o que deixou o site em uma situação difícil em 2o2o.

A plataforma era gratuita, mas agora cobra uma taxa para garantir o acesso mensal ou anual. Se você estiver se perguntando se vale a pena: o preço anual é 30 reais. Menos que uma diária de um hostel no Brasil. 

 O conceito funciona. Existem grupos de facebook com o mesmo intuito, alguns exclusivos para mulheres, alguns focados em regiões específicas do globo.. Só fique atenta, que os mecanismos de defesa que o Site do CS tem, não existem necessariamente nos grupos de FB.

como Economizar para viajar- Shetrips Mochilão sozinha Xoximilco

30. Fazendo amigos:

 

Não confundir com interesse. 

É uma tarefa gratificante conhecer pessoas que moram em cidades e países diferentes e que podem se tornar companhia, e até um sofá para você dormir quando viajar.  todos, pra ser sincera.

Procure se apresentar para intercambistas, migrantes e turistas no geral. Você pode começará a ter contatos para uma viagem lá na frente. Conhecer pessoas no meu país de destino foi um ponto decisivo na minha primeira viagem sozinha.

Se você ainda não teve a oportunidade de se aproximar de alguém que more fora, sugiro o grupo Couchsurfing das minas no fb. Um exemplo real de sororidade de brasileiras no mundo todo.

31. Fugindo do IOF:

Se você trocar dinheiro em espécie em uma casas de câmbio brasileira, vai pagar 6,38% de imposto mais a margem deles que é mais ou menos 6% também.

Apenas certifique-se de que o país para onde você vai ter liquidez de reais. Exemplo: Na América do Sul, todas as casas de câmbio aceitarão reais para trocar, já em Singapura, nem tanto. Nesse caso, é bom ter aquela reservinha de moedas conversíveis como Euro, Dólar.

como Economizar para viajar- Shetrips Mochilão sozinha

32. Evitando trocar dinheiro no Aeroporto:

 

Nada no aeroporto é mais barato. Nada.

A Pandemia trouxe novas restrições para o uso de dinheiro em espécie.  Mesmo que você pretenda sair do aeroporto de transporte público e precise de dinheiro trocado, pesquise antes ou consulte no balcão de informações as formas de comprar os bilhetes.

Terminais de metro e alguns de ônibus vendem passagens em máquinas onde você pode pagar com cartão de crédito (mesmo que cobrem IOF + Taxa de câmbio, essa operação será mais barata que trocar dinheiro no aeroporto).

Alguns outros veículos validam o pagamento direto com cartões contactless, como é o caso dos ônibus em Londres, Bucareste, Torino para citar apenas alguns exemplos. 

33. Evitando fazer muitas compras durante a viagem:

 

Passar na Zara de outro país não é souvenir, é adicionar peso pra sua bagagem em um item nada exclusivo e não te ajuda nada a economizar para viajar futuramente.

34. Negociando serviços:

 

É o famoso “o não já temos” né?! Essa talvez seja a forma mais clássica de economizar para viajar

35. Bonificando sua economia:

De volta ao item 11, uma vez estabelecido o orçamento total, eu divido ele pelos dias de viagem, e isso será meu teto diário de gastos.

Cada dia que e gastar menos que o teto, eu atualizo o gasto total dos próximos dias e isso vira uma cascata ao seu favor.

Exemplo: Em uma viagem de 5 dias eu estabeleci o teto de 15 dólares por dia para comida transporte e compras. No primeiro dia eu fiz um sanduíche e apenas caminhei pela cidade. O gasto total do dia foi 5 USD. Sobram 10 e a partir do segundo dia, o teto se reajusta para 17,5 USD por dia.

Eu tento fazer esse jogo todos os dias, pra voltar da viagem com ainda mais dinheiro sobrando. Psicologicamente funciona para eu sentir que estou fazendo as escolhas certas e que tenho margem pra algum impulso ou emergência.

como Economizar para viajar- Shetrips Mochilão sozinha

Conclusão:

Economizar para viajar não precisa ser uma tarefa difícil. Se você já consegue fazer sobrar algum dinheiro no fim do mês, isso é um belo começo.

Ter claro o foco e a noção do quanto será necessário já são 80% do esforço. 

Mesmo para quem está começando, muitas dessas dicas vão te ajudar a calcular o valor real de uma viagem e permitir planejar algo, mesmo que mais a médio ou longo prazo.

Bônus:

 Não deixe de contratar um seguro viagem  achando que vai economizar. Caso algo aconteça, os gastos são absolutamente desproporcionais (uma simples internação diária em um país de economia mais barata que o Brasil é 500USD).

Os seguros são precificados por dia de uso, e a menos que você faça uma viagem muito longa, não será um custo alto da viagem. Uma nota de paz para evitar gastos desproporcionais: contrate um seguro viagem. 

Mesmo com estilos diferentes de viagem, concordamos que não teríamos tido trocas tão ricas se não tivéssemos começado a viajar sozinhas. 

Ao longo do caminho, nos deparamos com desencorajamento, e apenas algumas boas referências. Por isso, achamos justo retribuir e potencializar essa corrente de encorajamento através do compartilhamento de nossas histórias e dicas práticas, elas são quase melhores que conselhos de mãe.

Um spoiler: Acredite, fora do conforto de sua casa você se descobrirá uma nova mulher, e nós estamos felizes de apresentar esse mundo a você. 

Mais Descontos:

Korui. Absorventes reutilizáveis.

Korui Shetrips Cupon de Desconto
como Economizar para viajar- Shetrips Mochilão sozinha

Todo o conteúdo deste espaço foi irreverentemente produzido por uma gar♀ta