11 Destinos para sair do
clichê em 2020

Por mais destinos fora do clichê que podem estar fora do seu radar. Inspire-se em 11 viagens incríveis e seguras para fazer sozinha.
 
23 jan – 7 min
 

Viajar é uma privilégio. Qualquer um que tenha a oportunidade de fazer as malas e se aventurar pelo menos de vez em quando sabe que é o dinheiro mais bem gasto do ano e que tem poucas sensações que superam a alegria que uma viagem pode nos trazer.

Não lembro de ter conhecido alguém que tenha aversão a viajar, ou que declaradamente não goste de conhecer novos ares. Ainda assim diria que aos que tem a chance , “novos ares” não são necessariamente a principal motivação na escolha do destino.

Em outras palavras: Quem tem um amigo que já foi pra Miami põe o dedo aqui.

Foi pensando nas proporções enormes do nosso planeta e com o mesmo carinho que seleciono os destinos das minhas viagens, que trago 11 ideias nada ou pouco saturadas pra você honrar a ideia de novos ares nesse ano e girar a roda da economia de tanto lugar massa que acabamos preterindo.

11 destinos fora do clichê

 

1. Joanesburgo, África do Sul:

O recomendadíssimo Museu do Apartheid tem uma sessão dedicada à educação e apreciação da arte dos nossos ancestrais.

9 horinhas de sono em um avião saindo de São Paulo e você chegou na África do Sul! Mãe do Waka Waka, da Vuvuzela e da Jabulani, os sulafricanos tem muuito mais a oferecer, como por exemplo: as estradas mais bonitas que já vi, museus interativos essenciais pra a formação de um pensamento crítico sobre as sociedades e um contexto cultural rico e bastante presente. Por fim, uma geografia que proporciona vários picos de onde conseguimos para ver a cidade inteira.

Comparado com o BRL, a moeda utilizada na África do Sul é bastante desvalorizada, o que nos favorece na hora de fazer aquela refeição farta, pegar um táxi ou fazer umas comprinhas nas tendas locais.

Ps. Evite os Safaris e “Lion Parks” espalhados pelas redondezas da cidade. Esse tipo de turismo cruel com a fauna local mandou um abraço dos anos 50 e passará bem sem nosso patrocínio.

11 destinos fora do clichê joanesburgo africa do sul

O recomendadíssimo Museu do Apartheid tem uma sessão dedicada à educação e apreciação da arte dos nossos ancestrais.

2. Budapeste, Hungria: 

MINHACIDADEFAVORITADOPLANETATERRA.COM.HU

Papo reto: esta foi a melhor surpresa que já tive em minhas viagens. Ir á Budapeste não estava nos meus planos de Eurotrip, mas a falta de planos me colocou lá. É emocionante só lembrar desse por do sol no glorioso Rio Danúbio. Aliás, esta é uma das cidades mais baratas da Europa, e para mim, definitivamente a mais bonita.

A cidade é dividida pelo rio em duas partes: a de Buda e de Pest, e o passado agitado deixou marcas nas construções e na energia da área.

Sem mais delongas: VISITE BUDAPESTE!

11 destinos fora do clichê budapeste hungria

Por do sol no Danúbio, na ponte que separa o lado da cidade de Buda do lado de Pest.

3. Novi Sad, Sérvia :

A Sérvia é outra queridinha que não me canso de incentivar pra sua próxima viagem. A capital Belgrado é quieta para os padrões europeus e apesar de, querida e amada, Novi Sad, a 60km ao Norte vai te conquistar mais ainda. A arquitetura antiga traz cores ao visual que é bem preservado no centro da cidade.

Já na fortaleza de Petrovaradin, temos a vista privilegiada da silhueta da cidade e mais uma vez, com a presença do nosso favorito, o Rio Danúbio.

Viajar pela Sérvia acaba saindo em conta também. Fiz um guia de como viajar barato por lá:

viajar barato na Sérvia no Leste Europeu

4. Dahab, Egito :

 

Quando você se permite viajar sem um roteiro fechado, essas surpresas positivas acabam aparecendo.

 Dahab é uma pequena cidade litorânea no sul do Egito, na pontinha da Península do Sinai e paraíso pra quem curte mergulhar. Por ser próxima de fronteiras com outros 3 outros países e ter praia, os locais não são apegados á costumes conservadores e te farão sentir confortável de bikini, short curto ou falando inglês/espanhol (sério).

Se você pretende visitar Israel, Palestina ou Jordânia e não tem muito tempo para se deslocar até o Cairo, Dahab é uma opção. 

Recomendo parar em um dos restaurantes perto da praoi. Eles tem pratos de alta qualidade com frutos do mar vermelho com um preço baixíssimo.

Ps. Aproveite pra levar uma dessas calças típicas do povo praiano de Dahab.

o Mar Vermelho leva esse nome pela presença de algas avermelhadas em determinada época do ano, mas não, ele não é vermelho.

5. Cartago, Costa Rica:

Primeiro dos destinos fora do clichê consideravelmente mais caro que o nosso conforto dos Reai$, mas vale a pena, eu juro.

Cartago fica a meros 25km da capital costa riquenha, San José e está situada em volta do vulcão Irazú.

A cidade é pequena e dá pra passear uma manhã ou tarde e no tempo restante, visitar ao Irazú: um dos maiores vulcões da América Central. É só subir a formação rochosa de carro, a menos que esteja dispostx a subir de outra maneira os 3,300 metros de inclinados acima do nível do mar. Faz MUITO frio lá em cima até nos dias de verão, e quando bate vento nas nuvens que cobrem a água de minérios no fundo do vulcão, somos presenteados com uma vista e tanto. 

11 destinos fora do clichê cartago costa rica

Foto proposital pra ilustrar a força do vento que faz no topo do vulcão Irazú.

6. Guanajuato, México:

Esta cdadezinha colonial na região central do México leva o mesmo nome do estado. Por essa região há várias cidades que valem muito a pena conhecer. 

As construções em cima de morros e montanhas revelam uma paisagem diferente da que estamos acostumados quando pensamos em turismo no México, ou seja: uma bela fora de sair do clichê e mais uma opção pra quem já está cansado de ouvir sobre Cancun.

Guanajuato é uma cidade de jovens por conta da universidade que se destaca na região, mas para garantir o contra-senso, muitos casais também largam a vida de aposentadoria nos Estados Unidos para morar nessa região. 

San Miguel De Allende Shetrips

A foto não faz jus à vista panorâmica que o monte do Monumento da Pipila nos permite ter.

7. Eilat, Israel:

Consegue ver na foto o outro lado da água? À esquerda você vê a Jordânia, ao centro, o Egito e à direita, a Arábia Saudita. Tudo isso pisando em areias israelenses.

Essa é uma das praias da cidade de Eilat, extremo sul de Israel,  que além de ser uma fronteira tripla, é banhada pelo mar vermelho, e se torna palco pra esportes marítimos.

Eu mesma tenho pouco fôlego e zero técnica para nadar, mas contei 5 min nadando cachorrinho até a boia laranja no meio do mar. Mais 5 minutos, chegaria facilmente à Jordânia, pena que não podemos por motivos que os especialistas em relações internacionais saberão explicar bem.

11 destinos fora do clichê eilat israel

O Clube de mergulho de Eilat parece uma associação cara e fechada para mergulhadores profissionais, mas na verdade é um espaço muito bem cuidado na praia. O acesso é livre e o clube permite que você use suas cadeiras de praia e bóias sem custo. Ali você terá acesso à aulas de mergulho e restaurantes maravilhosos.

8. Antuérpia, Bélgica :

Comecemos com este indicador: cabem 279 Bélgicas dentro território brasileiro 😱.

Ainda que pequeniníssima, a Bélgica tem várias cidades pequenas, ainda movimentadas pra passar alguns dias, como é o caso da Antuérpia. Rica em construções folclóricas, apesar de antigas, bem conservadas. A Antuérpia/Antwerpen/Anvers/Antwerp é importante para o comércio internacional da Europa central inteira por conta de seu porto. 

A cidade tem uma concentração alta de jovens universitários devido ao número de instituições de ensino que atraem alunos do mundo inteiro para estudar lá.

Uma última dica de profissional para aproveitar: Chegue pela estação de trem. É um dos cartões postais da cidade, você verá porque – sem spoilers.

11 destinos fora do clichê antuerpia belgica

9. Bratislava, Eslováquia :

Sobrou um dia no tour pela Europa central? A Eslováquia define um conveniente encontro entre o Oeste e Leste Europeu.

Mesmo que usem o Euro, as compras são significantemente baratas na região inteira. A capital, Bratislava fica a 1hora de trem de Viena e é tão pequena que um dia de passeio dá conta.

Quando chegar lá, caminhe da estação de trem até o palácio oficial. No caminho encontrará vários monumentos indispensáveis da cidade como o Michaels Gate.

Não queria demonstrar muito favoritismo, mas novamente, temos a chance de contemplar o majestoso e glorioso Rio Danúbio.

11 destinos fora do clichê bratislava slovakia

10. Torino, Itália :

Se você está no norte da Itália, esta pode ser uma fugida dos movimentos de Milão e Veneza. Torino tem várias construções históricas, religiosas e museus, mas concentrarei meus esforços persuasivos nas belezas da natureza. Pouco esforço é necessário, basta olhar a foto abaixo do rio Pó e tomar suas próprias conclusões.

Sugestão PRO: Junte um fôlego no inverno para subir o Monte Cappuccini e ter vista panorâmica da cidade parcialmente coberta por neve.

11 destinos fora do clichê torino italia

11. Maroochydore, Austrália:

O sonho de todos os peixes, criaturas marinhas, surfistas e sereias é ter um cep na Australia. A distância para o Brasil ainda é alta, mas o P. Sherman 42 Wallaby way (em outras palavras, Sydney) ainda é a primeira opção dos brasileiros que decidem visitar o país. No entanto, mantendo-se na costa e movimentando-se ao norte, há prainhas e balneários paradisíacos, por serem menos conhecidos, são melhor preservados e definitivamente menos movimentados- como é o caso da praia de Maroochydore (leia mury- chidô). 

Maroochydore  é um pequeno balneário na área de Sunshine Coast. Para quem surfa é outra surpresa positiva na Austrália, definitivamente um dos destinos fora do clichê mais memoráveis de todos. 

Shetrips Maroochydore Australia

Conclusão

E aí? Ainda tá pensando em NY? Paris? Orlando? São todos válidos, claro. Para escolher os próximos destinos fora do clichê ou não, tenha claras suas preferências e objetivos, e não deixe de considerar destinos que não estão em todas só pela falta de conhecimento. Fica aqui meu voto para você dar uma chance à sua ambição neste novo ano e no meio tempo, eu trabalharei duro para não deixar que a falta de informação te impeça de completar o álbum de figurinhas.

Todo o conteúdo deste espaço foi irreverentemente produzido por uma gar♀ta